Furto de flor

biografia-2

Sou um grande apaixonado pelos escritos de Drummond, portanto, tenho a ousadia de dizer que o conheci, no seu mais íntimo sentimento.

O conheci de uma forma tão poética quanto seu Poema de Sete Faces. Foi tão cativante que impregnou minha vida e ainda hoje carrego na memória as doces palavras do ‘menino de Itabira‘.

Gosto tanto que resolvi compartilhar com vocês uma crônica deste que, verdadeiramente é imortal. Espero que apreciem sem moderação!

FURTO DE FLOR

Furtei uma flor daquele jardim. O porteiro do edifício cochilava, e eu furtei a flor.

Trouxe-a para casa e coloquei-a no copo com água. Logo senti que ela não estava feliz. O copo destina-se a beber, e flor não é para ser bebida

Passei-a para o vaso, e notei que ela me agradecia, revelando melhor sua delicada composição. Quantas novidades há numa flor, se a contemplarmos bem.

Sendo autor do furto, eu assumira a obrigação de conservá-la. Renovei a água do vaso, mas a flor empalidecia. Temi por sua vida. Não adiantava restituí-la no jardim. Nem apelar para o médico de flores. Eu a furtara, eu a via morrer.

Já murcha, e com a cor particular da morte, peguei-a docemente e fui depositá-la no jardim onde desabrochara. O porteiro estava atento e repreendeu-me.

– Que ideia a sua, vir jogar lixo de sua casa neste jardim!

Carlos Drummond de Andrade

BOM FIM DE SEMANA! Alegre-se!

estanteeducativa

5 comentários em “Furto de flor

Adicione o seu

Deixe uma resposta para Lele Zucco Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: